Aqui, juntos!

Aqui, Juntos!

Estar AQUI. Dar as mãos, formar uma roda. Sentir a presença, o calor que emana dos corpos. Constatar o ritmo da vida que entra e sai de nossos pulmões. E, a partir desse encontro, caminhar expressando toda essa abundância que habita em mim e também no outro.
E, como tribo que somos criar nosso próprio grito de identidade e nosso próprio movimento, JUNTOS. Pois a vida é um fio que nos conduz, porém a maneira que nos colocamos diante desse fio faz toda a diferença.
O corpo fala. Os olhos, a expressão facial, o sorriso podem nos aproximar ou nos afastar do outro, que é o nosso ecofator mais positivo, nosso espelho mais poderoso, aquele que nos torna realmente humanos.
Nossos corpos se aproximam, se embalam e se nutrem de afeto .
Ao girarmos nosso pescoço, lentamente, cuidamos de nossas próprias tensões, dissolvendo-as pelo movimento de prazer e entrega que gera desaceleração e bem-estar.
Então aos poucos podemos nos entregar ao  conforto do nosso ninho. Local de seguranca e aconchego, onde podemos nos nutrir do indiferenciado e nos sentir em casa.
Abastecidos de tudo isso, então,  podemos nos diferenciar e buscar nossa própria dança e nos colocarmos de pé por nossas próprias pernas.
Encontrar um ao outro novamente apenas para fazer uma dança… uma dança que celebre nossa coragem  e nossa disponibilidade para a vida…
E, dar as mãos, formar uma roda e nos despedir…pois saber chegar é bacana porém,  saber ir embora, é uma arte…que precisamos aprender!

Leila Maria Augusta de Almeida.

Anúncios

No comments yet»

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: