Espelho…

Quando eu nasci um monte de gente: meu pai, minha mãe, meus avós, etc…, olharam por mim num espelho e me mostraram tudo que eu era e tudo que eu não era…

Um dia, tive coragem, e quis olhar por mim mesma, porém vi muita coisa que não reconhecia em mim…

Então, iniciei um processo de desconstrução…sair de um ser agido pelo outro e me tornar um ser responsabilidade de mim…

Os espelhos foram fundamentais: a vida, o outro e minha auto-imagem…E, permitir que cada um deles pudesse tocar fundo em minha intimidade, foi fator fundamental para esse processo de reconstrução…

Hoje posso me olhar no espelho por mim… e através da minha singularidade, perceber essa obra de arte única que eu sou e que cada um de nós é!…

Uma dádiva essa percepção… mas apenas para aqueles que tem coragem! Coragem de assumir sua própria grandeza e a grandeza da vida! Muito grata ao Rolando Toro e à Biodanza que foi o instrumento facilitador de todo esse processo!!!!

Leila Maria Augusta de Almeida.IMG_1615

Anúncios

No comments yet»

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: